Desde o anúncio, há 4 anos atrás, Cuphead já chamou a atenção dos fãs de jogos eletrônicos: cada frame desenhado a mão, inspirado em desenhos animados de 1930, com uma promessa de ser extremamente desafiador, mas não ao ponto de irritar o jogador, mas, sim, de desafiar. O Studio MDHR tinha em suas mãos uma excelente ideia, que em 2017, chega para todos desfrutarem desta obra de arte. O jogo é espetacular, principalmente por se tratar de um jogo de baixo orçamento. Lançado para PC e Xbox One, o jogo tem uma arte surreal, com traçado espetacular, desde as fases de chefões até o plano de fundo do jogo. São artes de encher os olhos de qualquer um.

 

Atualmente, não existe nenhum jogo com tamanha assinatura e essência quanto Cuphead. Em seus 3 mundos, que parecem ser curtos, tudo é extremamente detalhado e desafiador. Tendo, em sua sountrack, um jazz clássico, com muito swing, o jogo traz toda a loucura e vontade necessária para prender o jogador por muitas horas, sem fazer com que este passe raiva ao ponto de arremessar o controle na parede.

 

Cuphead é um jogo bem difícil, ainda mais com a certa "facilidade" dos jogos de hoje em dia. Nenhuma fase tem checkpoint e não tem como recuperar vidas durante uma partida, sendo até mais desafiador ainda jogar em co-op (um dos melhores da atualidade), pois a quantidade de cores e animações na tela deixam qualquer um louco e com dificuldade de se situar.

 

Apesar de Cuphead e seu parceiro Mugman serem os destaques do jogo, é nos chefões de cada fase que o brilho do jogo realmente aparece. Cada chefe é totalmente diferente do outro, podendo ser um sapo boxeador ou até mesmo uma bola azul completamente "troll". É compreensível a demora do Studio MDHR para lançar Cuphead, tamanha imaginação não vem do nada, e cada detalhe do jogo é muitíssimo bem trabalhado: os inimigos não têm barra de vida, então o jogador não sabe o quão perto está de derrotá-los, o jogo brinca até mesmo com o Demônio em sua história, que é bastante linear e sem muita dificuldade para ser entendida.

 

O fator replay do jogo é também um grande bônus, pois o jogador só libera a dificuldade extrema após terminar tudo no regular. Além de vários tipos de tiro, habilidades e charmes, o jogo também lhe entrega um inúmero arsenal para você se divirtir por horas. Cuphead consegue, como poucos jogos, fazer o jogador rir e se irritar ao mesmo tempo. É um jogo único, levando o jogador a uma experiência totalmente única também. Mas não jogue apenas por sua arte ou música, aproveite cada momento Cuphead, pois trata-se de um jogo marcante.

 

Nota: 10,0

 

 

Principais Lançamentos do Mês

Dezembro 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Com a melhor qualidade de informação, o CineGamers reúne cinema, jogos, quadrinhos, séries e muito mais em um único lugar!